Prefeito de Cajazeiras responde polêmica do asfaltamento e alfineta Ricardo: “Dá de 10 a zero em Sousa”

Direto de Brasília, o prefeito de Cajazeiras Zé Aldemir (PP), indagado sobre as “emendas” que faltaram no asfaltamento das ruas da cidade, ele disse não ser engenheiro para falar sobre o assunto.

A questão levantada pela oposição na Terra do Padre Rolim dá que falta fazer a ligação das ruas asfaltadas, pois os trechos continuam com o asfalto antigo causando desnível nos logradouros públicos.

Em resposta, o prefeito alegou que sua responsabilidade foi conseguir os R$ 3,5 milhões para primeira etapa da obra e anunciou que poderá empenhar até o final do ano mais R$ 2,5 milhões para a segunda etapa do asfaltamento.

“Se verificar a qualidade do asfalto feito em Cajazeiras com a qualidade do asfalto feito em Sousapelo Governo do Estado é bem diferente”, alfinetou Zé Aldemir.

Perguntado se o asfalto de Cajazeiras é melhor que o de Sousa, ele completou: “Dá de 10 a zero. Em termos de espessura, de consistência e de engenharia, sem dúvida nenhuma”.

As ruas de Cajazeiras não recebiam asfaltamento há quase 40 anos. O maior programa de asfaltamento da cidade foi o “Cura”, executado na gestão do ex-prefeito Chico Rolim.

Notícias relacionadas