OUVIR  

Clube FM: (83)3531-4379  WHATSAPP 9.9999-2683

CAJAZEIRAS

Católicos afirmam ver imagem de Nossa Senhora em pedra na Zona Rural de CZ; Agricultor disse que viu Senhora de branco

Um fato vem chamando atenção dos católicos da região de Cajazeiras. É que no sítio Barra do Catolé, na propriedade de Antônio Carolino de Abreu que morreu aos 104 anos, uma pedra parece tem a imagem de Nossa Senhora, a mãe de Jesus.

A imagem estava escondia por arbustos típicos da região, que foram desmatados há pouco tempo. Mesmo assim, só descoberta no domingo, 29 de julho passado.

Um dos 12 filhos, de Antônio Carolino, conhecido por João Carolino, que faleceu aos 88 anos em 2010, também reverenciava a santa. Segundo os netos, o avô contava que rezava o terço todos os dias, às 18h, do alpendre da casa onde nasceu, “sempre olhando para a santa”.

Depoimentos
Netos de seu Antônio e filhos de seu João não conseguiam ter a mesma visão. O alpendre era de uma casa antiga, de alvenaria, toda branca e encravada sobre uma rocha. Seu João nasceu ali. Os seus oito filhos também.

Foi a filha de seu João, Francisca Carolino, 55, quem viu primeiro. “Olha lá, a imagem de Nossa Senhora”, apontou. Era uma rocha. O lado oposto da pedra em forma de um triângulo, da altura de um brasileiro mediano (1m70cm), desenha o perfil de uma santa.

No alpendre da casa, que está sendo reformada, estavam cerca de 30 amigos da família. “É uma santa”, concordou Sinfrônio de Lima, 74, evangélico, que ficou impressionado com os detalhes da rocha, a uns 100 metros da casa.

Falta d’água
A zona rural de Cajazeiras sofre com a estiagem prolongada. Boa parte está sendo abastecida por carros-pipas do Exército brasileiro. No sítio Barra do Catolé , que fica aproximadamente 12 quilômetros da cidade, é essa a realidade. Não tem água para o consumo humano.

A senhora de branco
Aos 78 anos, seu João se submeteu a uma cirurgia num hospital de João Pessoa. Sedado, balbuciou algumas palavras. Brigava com os médicos que insistiam em não deixa-lo falar com “a senhora de branco”. Quando retornou da anestesia, contou aos filhos que viu Nossa Senhora por duas vezes no hospital.

Para o arcebispo da Paraíba, dom Aldo Pagotto, o melhor é ter precaução com o surgimento dessas imagens. “O importante é que o católico se forme biblicamente, para seguir o caminho de Jesus, pelo bom exemplo, pelo testemunho e por uma orientação mais específica”, observa. Contudo, lembra que em cidades próximas de Cajazeiras existem fenômenos naturais como esse, aceitos pela Igreja Católica. Cita como exemplo rochas que foram descobertas na cidade do Crato (CE), onde também estaria desenhada a imagem de Nossa Senhora.

Histórico
Cajazeiras é situado na extremidade ocidental da Paraíba. Pertencente à mesorregião do Sertão paraibano. Localiza-se a oeste da capital do Estado e ocupa uma área de 586,275 km², dos quais 2,8193 km² estão em perímetro urbano. Sua população, recenseada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 2010, foi de 58.437 habitantes, sendo o oitavo município mais populoso do Estado.

Quase 90% dessa população é de católicos, como a família Carolino. Seu João rezava um terço sempre com as mãos cruzadas de frente para a rocha. O desenho natural que se forma é de uma senhora, longilínea, coberta com um véu e com as mãos cruzadas à altura dos quadris. Obra da natureza. Até hoje, não há registros de nenhuma intervenção humana.

DIÁRIO DO SERTÃO com jornalista Hermes de Luna

Moradores de bairros cajazeirense reclamam da convivência com lama, fedentina e lixo.

A população de alguns bairros cajazeirenses realizou uma reclamação na última semana, onde diziam que pessoas, principalmente crianças estão convivendo com o lixo, à lama, fezes, fedentina, mosquitos, moscas e outros insetos, atraídos pela imundice dos locais.

O descaso com relação ao mato crescendo nas ruas, a esgotos e calçamento foram constatados pela equipe de reportagem do Gazeta do Alto Piranhas, que esteve na Rua Antonio Izidoro Primo, no Bairro dos Remédios, por trás do 6º Batalhão de Polícia Militar. A rua Dr. Vicente Leite, no Bairro São Francisco também passa pelo mesmo problema.

Os populares informaram que já foram feitos vários apelos à Prefeitura e a Secretaria de Infraestrutura, sem que providências tenham sido tomadas.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações do Gazeta do Alto Piranhas.

Prefeitura de CZ anuncia inauguração da Praça da Catedral e reforma de mais duas

A Prefeitura de Cajazeiras está concluindo as obras de reforma e revitalização da Praça Cardeal Arcoverde, que fica localizada em frente a igreja Nossa Senhora da Piedade, “Catedral”, no centro da cidade.A praça há anos  não recebia nenhuma reforma por parte da administração municipal.

De acordo com o secretário de Planejamento, Gonzaga Delfino, a Praça da Catedral, como é mais conhecida, está recebendo um novo e moderno sistema de iluminação, novos bancos e melhorias nos canteiros centrais e laterais.

“Vamos ter, sem nenhuma dúvida, um novo cartão postal, no centro de Cajazeiras”, disse Gonzaga. Ele informou também, que a obra poderá ser inaugurada nesse próximo domingo (22)

O secretário disse ainda, que após a conclusão da Praça da Catedral, serão iniciadas as reforma de mais duas praças em Cajazeiras: a da Matriz Nossa Senhora de Fátima e a Praça do Terminal Rodoviário, Clóvis Rolim.

DIÁRIO DO SERTÃO com secom

Terminal rodoviário de Cajazeiras irá ganhar caixa eletrônico do Banco do Brasil.

O terminal rodoviário de Cajazeiras vai ganhar um caixa eletrônico do Banco do Brasil. A informação é do gerente do Banco do Brasil em Cajazeiras, Luís Cláudio.

De acordo com Luís, a expectativa é de que a instalação da agência seja feita até o final deste ano. Segundo ele, a proposta é de que o funcionamento do caixa eletrônico aconteça de cinco horas da manhã e vá até as 23 horas.

Luís Cláudio lembrou que já existe outro caixa eletrônico do Banco do Brasil funcionando no campus da UFCG de Cajazeiras. “Esse terminal atende não somente a população acadêmica, como toda a comunidade que habita aquela área”, disse ele.

O gerente do banco também destacou a parceria com a empresa Correios e lembrou que também é possível realizar pagamentos, abrir contas, fazer saques e depósitos através dos Correios.

“É preciso conscientizar a população para acreditarem em nossos parceiros, assim diminuímos o fluxo de nossa agência central”, concluiu o gerente.

DIARIO DO SERTÃO

Traído pelo prefeito de CZ, Jeová racha com situação, declara apoio a CA, diz que falar de Vituriano é perder tempo e fala de pedofilia

O ex-deputado Jeová Campos (PT), em entrevista coletiva a imprensa de Cajazeiras nesta terça-feira (26), declarou seu a apoio a candidatura do ex-prefeito Carlos Antônio (DEM), rachando definitivamente com o grupo da situação e com a família Abreu.

De acordo com o petista, a decisão de apoiar o ex-gestor cajazeirense partiu de divergências dentro do partido, que decidiu apoiar o projeto de reeleição de Carlos Rafael (PTB). “Meu apoio a esse grupo é incondicional. Não estou aqui para uma passagem, vim para ficar”.

Jeová assegurou que todas as dificuldades com o ex-prefeito de Cajazeiras foram superadas, inclusive sua prisão em 2006, que teria ocorrido por influência de Carlos Antônio.

“Essa história de que Jeová vai para os braços de quem o prendeu está sepultada pela história”. Assegurou o ex-parlamentar

Não engoliu
O ex-deputado demonstrou mágoa de Rafael e declarou que o prefeito não concordou que Cajazeiras tivesse um deputado federal, pois apoiou Armando Abílio para federal na cidade, contrariando e traindo seu projeto político.

“Como vou votar nele se ele nunca me estendeu a mão? Vou continuar gostando de você Rafael, mas você perdeu companheiros porque quis perder e a gora vai perder a eleição”. Diagnosticou Jeová

Ele demonstrou insatisfação com o seu ex-grupo político, pois segundo o petista foi desconsiderado na administração de Léo Abreu.

“O grupo da situação não existe mais. Epitácio Leite foi para o andar de cima, Léo ninguém sabe. Vituriano gosta demais de Cajazeiras que não vem nem aqui e falar de Vituriano é perder tempo”. Disparou o ex-deputado

O petista ainda convidou o atual secretário de Articulação Política do município, o padre Francivaldo Albuquerque para voltar ao grupo de oposição.

Pedofilia
Na coletiva, Jeová desabafou: “Não sou pedófilo e não admito que ninguém insinue isso em Cajazeiras. Erro todo homem comete, mas sou uma pessoa de caráter”

DIARIO DO SERTÃO

///// CAJAZEIRAS

///// ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Na FM 104,9 Agora!

Temos 183 visitantes e Nenhum membro online