OUVIR  

Clube FM: (83)3531-4379  WHATSAPP 9.9999-2683

CAJAZEIRAS

MP investiga doações de terrenos irregulares no bairro Cristo Rei em Cajazeiras; ex-gestor e ex-secretário serão ouvidos

O ex-prefeito de Cajazeiras, Carlos Rafael Medeiros, o ex-secretário de Planejamento, Joselito Feitosa, além de José Ribamar Soares de Oliveira, José Alves da Silva, Elias de Freitas Lira e Fernanda Barbosa Ribeiro serão ouvidos pelo Ministério Público Estadual, sobre uma ação que tramita sobre destinação irregular de um imóvel público para fins particulares no bairro Cristo Rei, zona sul de Cajazeiras.

A Promotora da 4ª Vara, Sarah Araújo Viana de Lucena, confirmou que os
os citados no Inquérito Civil Público instaurado pela Promotoria de Cajazeiras, serão ouvidos em oitivas para esclarecimentos dos fatos.

Carlos Rafael que era vice-prefeito, eleito em 2009, assumiu a cadeira de titular em maio de 2011, após renúncia do então prefeito, Léo Abreu que alegou razões pessoas ao encaminhar Carta Renúncia ao Poder Legislativo Cajazeirense.

Josselito Feitosa foi secretário de Planejamento da administração seguinte que tinha como prefeita, Denise Albuquerque (PSB).

Prefeito Zé Aldemir assina contrato com a Caixa Econômica para construção de 300 casas em Cajazeiras

O prefeito Zé Aldemir (PP) assinou nessa terça-feira (13), na Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal, em João Pessoa, o contrato para a construção de mais 300 unidades habitacionais no Residencial Cajazeiras II do Programa Minha Casa Minha Vida.

Essa terça-feira era o último dia para assinatura do contrato, já que o Governo Federal não vai liberar nenhum empreendimento desse porte, em qualquer lugar do País até o final do ano.

Dessa forma, a Prefeitura de Cajazeiras realiza o maior programa habitacional da história da cidade. As 300 primeiras unidades estão em ritmo acelerado devendo ser concluída breve. Com isso, o prefeito Zé Aldemir consegue assegurar 600 moradias diminuindo o déficit habitacional, num investimento de R$ 42 milhões.

Durante a assinatura do contrato junto ao Superintendente da Caixa Marcos Vinícius, o prefeito se fez acompanhado dos secretários Laesso Abreu (Fazenda Pública), Thiago Macambira (Administração), Jone Bento (Procurador), os sócios da DG Diego Breno e Dorian, além de Pedro Ribeiro proprietário da Elite Engenharia Ltda.

O projeto que engloba a construção de mais 300 apartamentos, medindo 54 m² cada um, terá toda infraestrutura imobiliária e será em condomínio fechado. A estrutura física disponibilizará conforto para uma família média, pois, as residências terão (dois) dormitórios, sala, cozinha e banheiro, tendo ainda na área externa, (uma) quadra poliesportiva, salão para eventos sociais, bicicletário e playground, para as crianças.

DESTAQUE: Escola pública de Cajazeiras é finalista de concurso nacional que pagará R$ 10 mil a vencedora

O Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2018 apresentou, em cerimônia realizada no Ministério da Fazenda nessa quarta-feira (07), os 14 finalistas que vão concorrer ao Oscar da Cidadania Fiscal deste ano. Serão agraciados sete projetos vencedores: três na categoria Escolas, dois na categoria Instituições e dois na categoria Profissionais de Imprensa.

Entre as finalistas está a Escola Estadual Ensino Fundamental Dom Moisés Coelho, em Cajazeiras, Sertão da Paraíba com projeto de educação fiscal, que tem como tema “uma jogada de cidadania”. O projeto mostra a importância da conscientização dos estudantes sobre a função socioeconômica do tributo com vistas a despertar a consciência do cidadão para acompanhar a aplicação dos recursos públicos. Cajazeiras é a única cidade do Nordeste que está na disputa.

Prêmio
Os vencedores vão ser conhecidos no dia 28 de novembro na Embaixada da Espanha. Eles receberão, além de troféu, premiação em dinheiro: Escolas (1º lugar – R$10 mil, 2º lugar – R$ 5 mil, 3º lugar – 3 mil; Instituições (1º lugar – R$ 10 mil, 2º lugar – R$ 5 mil); Imprensa (1º colocado – R$3 mil, 2º colocado – R$ 2 mil). Os coordenadores dos projetos dos projetos vencedores das categorias Escolas e Instituições também levarão para casa a premiação em dinheiro no valor de R$ 1 mil reais para cada, em reconhecimento pelo trabalho realizado.

A premiação tem como objetivo homenagear as instituições, escolas e jornalistas responsáveis por criar e transformar ideias em projetos inovadores que atuam com a temática da função social dos tributos e a correta aplicação dos recursos públicos.

Seleção
Uma comissão formada por representantes de onze entidades governamentais e privadas se reuniu, nos dias 05 e 06 de novembro, em Brasília, para selecionar os finalistas. Os jurados avaliaram 220 projetos (divididos nas categorias escolas, instituições e reportagens) em uma primeira fase. Na segunda etapa, foram selecionados 24 instituições, 32 escolas e 22 reportagens.

O anúncio dos finalistas foi feito pelo coordenador-geral do Prêmio, Rodrigo Spada, pelo subsecretário de Arrecadação, Cadastros e Atendimento da Receita Federal do Brasil, João Paulo Ramos Fachada, e pelo diretor-geral adjunto da Esaf, Otávio Martins.

Para Rodrigo Spada, o prêmio se tornou referência no país ao adotar uma postura cidadã de toda a sociedade. “É a prova de que podemos fazer a diferença. A educação fiscal promove o pleno exercício da democracia e, nesse sentido, é capaz de dar visibilidade a projetos que trabalham o tributo como sendo o principal elemento de promoção das políticas públicas, explica.

O subsecretário da Receita João Paulo Ramos afirmou que tanto a corrupção quanto a sonegação de impostos drenam recursos públicos, o que difere é apenas o tempo em que cada uma é praticada – antes e depois de arrecadados os impostos dos cidadãos. Ramos alertou que, assim como se fala muito da corrupção e seus efeitos danosos, é necessário falar também da sonegação, ambos os temas trabalhados pela educação fiscal.

O diretor-geral adjunto da Esaf enalteceu a rede que faz com que a conscientização sobre a educação fiscal chegue nos mais distantes locais do país, o que é evidenciado pela multiplicidade de origens dos trabalhos concorrentes a esta edição do Prêmio.

Foram selecionadas seis escolas, quatro instituições e quatro reportagens. Uma escola da Paraíba, três do Rio Grande do Sul, duas de Minas Gerais. Também selecionadas Instituições do Rio Grande do Sul, Pernambuco, Bahia e Paraná. Além de quatro Reportagens: uma do Ceará e três do Distrito Federal.

Prefeito Cajazeiras fala da conclusão do asfaltamento e anuncia 2ª etapa de recuperação de ruas

O prefeito da cidade de Cajazeiras, o médico José Aldemir (PP), em entrevista à TV Diário do Sertão se reportou sobre a conclusão do recapeamento asfáltico das avenidas da cidade.

Zé Aldemir explicou que a empresa Coral, ganhadora da licitação, tem até 13 meses para concluir a obra e já realizou três medições, porém, os recursos ainda não foram liberados pelo Governo Federal.

O prefeito informou que a empresa só retomará a obra após o pagamento dos serviços já executados.

“Temos nove meses ainda. Vamos fazer cumprir porque nós temos que fazer já a licitação para segunda etapa, que é R$ 2,5 milhões”, anunciou Zé Aldemir relembrando que a primeira etapa contempla 19 ruas.

Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do IPAM deverá solicitar depoimentos de todos os ex – gestores de Cajazeiras. ENTENDA

 

Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Instituto de Previdência e Assistência Social do Município de Cajazeiras(IPAM) deverá solicitar depoimento de todos os ex – gestores que passaram pela gestão municipal de Cajazeiras.

Recentemente o relator da CPI do Ipam, vereador Rivelino Martins (PSB) disse que todos os ex – prefeitos que assumiram a gestão municipal Cajazeirense têm culpa na dívida que hoje se encontra o Instituto de Previdência e Assistência Social do Município.

Ao termino de toda investigação, os membros da CPI irão convoca os ex – gestores municipais desde a sua criação em 1994 na gestão do ex – prefeito José Nello Zerinho Rodrigues os demais até o momento, com exceção com ex – prefeito Epitácio Leite Rolim (falecido), para ouvir cada um e buscar explicação junto aos ex – prefeitos e qual passo a se tomado depois dos depoimentos. Disse o vereador socialista.

O vereador Rivelino Martins, em contato com a reportagem do Portal Click CZ adiantou que a situação é preocupante e que alguma coisa tem que ser feita para garantir aos futuros aposentados a garantia do direito de receber seu beneficio.

Na semana passada os representantes da CPI e do Sindicato dos funcionários municipais estiveram no Tribunal de Contas da Paraíba para apresentar denúncia do déficit na previdência municipal do IPAM saldo em conta do instituto que caiu de R$ 8 milhões para R$ 336.651,52.

///// CAJAZEIRAS

///// ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Na FM 104,9 Agora!

Temos 186 visitantes e Nenhum membro online