OUVIR  

Clube FM: (83)3531-4379  WHATSAPP 9.9999-2683

POLÍTICA

Pesquisa Ipespe: 51% da população de Cajazeiras aprova gestão do governador Ricardo Coutinho.

Ao realizar trabalho na cidade de Cajazeiras, a pesquisa Ipespe quis saber qual a avaliação feita pelos moradores daquele município com relação à gestão do atual governador Ricardo Coutinho (PSB). O resultado foi 51% de aprovação, que correspondem a soma dos conceitos ótima (13% e boa (38%).

Os que desaprovaram a administração do socialista são 16%, que representam a soma dos conceitos ruim (7%) e péssima (9%). Ainda de acordo com a pesquisa, 30% avaliam como regular e 4% não sabem ou não responderam.

Nas eleições municipais deste ano em Cajazeiras, o governador Ricardo Coutinho apóia a candidatura do ex-prefeito Carlos Antonio (DEM), que teve o registro indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Jeito de Governar
Ainda a mesma pesquisa avaliou a forma de administrar do governador Ricardo Coutinho. O gestor conseguiu 52% de aprovação, que são a soma de ótima (13%) e boa (39%). Os que disseram que não estão satisfeitos com seu jeito de trabalhar somam 15% (6% ruim e 9% péssima).

Os que avaliaram como regular são 29%, enquanto que 4% não sabem ou não responderam.

DIÁRIO DO SERTÃO com Jornal da Paraíba

Presidente da Cagepa rebate oposição e revela que Governo Maranhão III elevou folha em 25% nas eleições

O presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, rebateu nesta segunda-feira (16) as insinuações de deputados da bancada de oposição de que a atual gestão vem aumentando os gastos com pagamento da folha de pessoal da empresa. De posse de balancetes financeiros dos últimos anos, ele afirmou que a atual diretoria conseguiu diminuir de 49,7%, em 2010, para 44,5%, em 2012, os gastos com servidores em relação ao faturamento da empresa.

“Em 2008, a despesa de pessoal da Cagepa representou 35,5% de sua receita. Em 2010, último ano do Governo Maranhão III, esse comprometimento subiu para 49,7%, ou seja, quase a metade do faturamento da empresa. Agora em 2012, com as medidas austeras implementadas pela atual gestão, conseguimos reduzir a despesa de pessoal para 44,5%”, historiou o presidente.

Deusdete disse, ainda, que em apenas um ano, o Governo Maranhão III elevou em mais de 25% a folha salarial da Cagepa. “Em 2010, ou seja, em pleno ano eleitoral, o governo passado elevou em nada mais nada menos que 25,3% a folha salarial da Cagepa com relação a 2009. Eles, literalmente, transformaram a empresa em um verdadeiro trem da alegria”, enfatizou.

O presidente revelou, também, que de 2005 a 2010, a folha de pessoal da Cagepa aumentou em quase quatro vezes mais que a inflação do período. “Em cinco anos, a folha salarial da Cagepa subiu 114,8%, enquanto a inflação do período foi de menos de 30%. Isso sim é um dos fatores que tem inviabilizado a empresa”, explicou.

Aumento da despesa
Deusdete explicou que, em 2010, a despesa média mensal da Cagepa com pessoal foi de R$ 16.196.000,00 e justificou o aumento de pouco mais de R$ 2 milhões ao longo dos últimos 18 meses. “Esse aumento é justificado, entre outras coisas, pela convocação de mais de 500 concursados para atuação em áreas operacionais da Cagepa, como também do cumprimento do acordo coletivo de trabalho firmado em 2010, que tem vigência até 2012. Além disso a empresa tem um plano de cargos e salários que prevê aumentos salariais de acordo com o tempo de serviço dos servidores”, enfatizou o presidente, acrescentando que a despesa mensal com pessoal este ano foi em média de R$ 18.382.418,00.

“É preciso deixar claro que existe registrado no Ministério do Trabalho e Emprego, desde 1988, um Plano de Cargos e Salários que assegura a todos os servidores um reajuste de 11% (independente da correção salarial) a cada dois anos, o que gera um crescimento vegetativo anual da folha de pessoal”, acrescentou.

Medias austeras
O presidente da Cagepa destacou que algumas medidas tomadas pela atual diretoria evitaram que o crescimento da despesa com pessoal aumentasse ainda mais.

“Nossa primeira iniciativa em janeiro de 2011 foi demitir todos os comissionados que estavam inseridos na folha e não trabalhavam. Elaboramos, também, um plano de demissão voluntária que culminou com o afastamento de 114 servidores efetivos que estavam aposentados e percebiam salários elevados, pois já estavam na última faixa salarial dentro do plano de cargos e salários. Essas duas medidas reduziram a folha mensal em mais de um milhão de reais", observou.

Deusdete revelou, por fim, que atualmente existem apenas 180 comissionados trabalhando em áreas específicas em todo o Estado. “Na nossa gestão, acabamos de vez com figura do comissionado ‘fantasma’, que no governo passado recebia altos salários e não aparecia para trabalhar. Isso era tão grave, que apenas de salários aos cargos comissionados em 2010 foram pagos R$ 5.158.212,57 enquanto em 2011 esses valores foram reduzidos para apenas R$ 1.366.928,00", concluiu o presidente da Cagepa.

DA SECOM-PB

Romero afirma que é uma honra ter Cássio e Ronaldo como aliados

O deputado federal  Romero Rodrigues (PSDB) disse, nesta quarta-feira (18) que tem orgulho do seu grupo político e do povo de Campina Grande e da Paraíba, ressaltando que eleito prefeito da Rainha da Borborema não será diferente. O parlamentar afirmou que ‘é uma honra ter Cássio e Ronaldo como aliados’ e destacou outros apoios importantes como o deputado estadual Manoel Ludgério, o vice-governador Rômulo Gouveia, a deputada estadual Eva Gouveia, além da bancada de vereadores de oposição e de outras lideranças que pensam no desenvolvimento e crescimento de Campina Grande. Ressaltou Romero que a presença de Ronaldo Cunha Lima Filho na sua chapa “vai trazer a generosidade e a alma do poeta. Ronaldo foi um governo que fez muito por Campina porque trabalhou com o coração e isso vai estar inserido na nossa proposta”, lembra. Destacou sua “história de vida com aliados, amigos leais, a exemplo de outras lideranças, e, principalmente a aliança com o povo de Campina Grande e da Paraíba”. Ele lembra que é o 12º deputado estadual do Brasil em números de projetos relevantes. “Essa é a autonomia que eu conquistei fruto do trabalho, fiz com assiduidade e dedicação”, ressalta. O trabalho desenvolvido pelo deputado federal e engenheiro Romero Rodrigues em busca de benefícios para a população paraibana e por extensão a brasileira tem surtido efeito. O Portal www.politicos.org.br acaba de apontar Romero Rodrigues como o décimo segundo mais atuante do país. Ele está se destacando à frente de políticos com atuação no Senado Federal, Câmara dos Deputados e Assembleias Legislativas de todos os Estados. A escolha é feita pelo público do Brasil com acesso à Internet. O deputado já foi apontado pela ONG Transparência Brasil como o parlamentar com maior atuação na Assembleia Legislativa da Paraíba em termos de relevância nas matérias apresentadas na Casa de “Epitácio Pessoa”. Dos trinta e seis parlamentares quando esteve na Assembleia Legislativa, segundo a ONG, apenas quatro conseguiram se destacar com matérias essas consideradas relevantes. Agora, o novo levantamento completo pode ser conferido no Portal www.politicos.org.br. Em termos de Paraíba Romero está em primeiro lugar no cenário levantado.  

Assessoria


Número de candidatos a vereador aumenta em 20% na Paraíba; prefeitos reduzem a concorrência

O número de candidatos a vereador, na Paraíba, cresceu 20% em comparação a última eleição municipal realizada em 2008. No pleito passado foram inscritos 8.671 concorrentes ao cargo de parlamentar mirim. Em 2012, o número total de postulantes a uma vaga na Câmara Municipal foi de 10.395. Significa um aumento de 1.724.

Em 2008 foram, em média, 39 candidatos por município. Este ano a Paraíba vai ter uma média de 46,6 concorrentes ao cargo de vereador, por cidade.

Número de candidatos a prefeito sofre redução

Ao contrário do que aconteceu com as candidaturas a vereador, o número de candidatos ao cargo de prefeito sofreu uma redução de 9%. Enquanto em 2008 foram 595 concorrentes, em 2012 foram inscritos 545 postulantes ao cargo de Chefe do Executivo Municipal. Uma redução de 50 candidatos.

No pleito eleitoral municipal anterior, cada município teve, em média, 2,7 concorrentes ao cargo de prefeito. Em 2012 a Paraíba terá uma média de 2,5 candidatos.

Fonte: - PolíticaPB

Comando de saia: De 15 prefeituras da região de Cajazeiras, 11 são disputas por mulheres

A campanha eleitoral no Sertão paraibano deste ano traz um fato novo e instigante. O aumento considerável no número de mulheres disputando as prefeituras municipais. Dos 15 municípios polarizados por Cajazeiras, onze mulheres tiveram suas candidaturas homologadas.

Em Joca Claudino, a disputa ocorre entre duas mulheres, a prefeita que tenta a reeleição, Lucrécia Adriana (PMDB) e a atual vice-prefeita, Maria Juvinete (PR). A vice-prefeita de Lucrécia neste pleito também é mulher, a tual vereadora Laleide (PTB).

Na cidade de Bonito de Santa Fé, Alederi Cajú (PMDB) disputa a reeleição. Em Uiraúna, a ex-prefeita Gloria Geane (PMDB) quer recuperar o cargo, que perdeu no início deste ano, cassada pelo TSE.

A atual vice-prefeita de Triunfo, Tilene disputa a prefeitura pelas oposições do município. Ana Cleide (PP), disputa a prefeitura de São José de Piranhas, também pelas oposições.

Cláudia Dias (DEM), lançou sua candidatura a prefeita de Monte Horebe e conta com o apoio do atual prefeito, Erivan Dias.

Atual vice-prefeita da cidade de Santa Helena, Maria do Socorro Félix (Corrinha – PTB), saiu como candidata a prefeita pelas oposições.

A ex-prefeita do Poço de José de Moura, Aurileide Egídio (DEM), disputa a prefeitura com o apoio do prefeito, seu tio Peixe Moura.

Já na cidade de Cachoeira dos Índios, Guia da Farmácia (PMDB), registrou sua candidatura pelas oposições no município. A candidata a vice pela situação também é mulher, a atual vice-prefeita Nena.

DIÁRIO DO SERTÃO

///// ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Na FM 104,9 Agora!

Temos 64 visitantes e Nenhum membro online