OUVIR  

Clube FM: (83)3531-4379  WHATSAPP 9.9999-2683

A Polícia Federal está nas ruas do Rio para cumprir 21 mandados de prisão temporária e mais de 30 de busca e apreensão, nesta sexta-feira (6), contra suspeitos de cometer irregularidades no fornecimento de quentinhas e de merenda escolar para escolas na Baixada Fluminense. Os agentes cumprem mandados no Rio, Niterói e Duque de Caxias.

Um dos mandados está sendo cumprido em um prédio na Avenida Lúcio Costa, Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, em frente à praia, onde mora o empresário Antônio Carlos Monteiro, dono da empresa Home Bread Indústria e Comércio, contratada para fornecer merenda escolar. Há pelo menos dois anos a empresa é investigada pelo Ministério Público Estadual e pelo Ministério Público Federal.

As acusações vão desde superfaturamento de merenda escolar a fraudes em licitações de fornecimento de quentinhas a presídios estaduais. Os agentes chegaram aos endereços dos suspeitos por volta das 6h. Cerca de 160 agentes participam da operação.

A Polícia Federal diz que há formação de cartel por parte de algumas empresas para desviar recursos públicos destinados à merenda escolar na Baixada Fluminense.

As investigações identificaram diversos procedimentos licitatórios viciados, com evidências de direcionamento dos certames, superfaturamento, corrupção, além da constatação de utilização de empresas constituídas em nome de “laranjas”, blindagem patrimonial e lavagem de dinheiro.

Os presos serão indiciados por formação de cartel, crime de licitações e corrupção ativa, dentre outros. Os presos serão levados para o sistema prisional do estado, onde permanecerão à disposição da Justiça.
 

G1

///// ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Receba Novidades

Termos e Condições de Uso

SIGA NAS REDES SOCIAIS

   

FALE PARA SEUS AMIGOS QUE ESTÁ OUVINDO A FMCIDADE

Na FM 104,9 Agora!

Temos 37 visitantes e Nenhum membro online