OUVIR  

Clube FM: (83)3531-4379  WHATSAPP 9.9999-2683

PARAÍBA

Gervásio Maia defende que, havendo privatização da Chesf, recursos fiquem no NE

O deputado estadual Gervásio Maia, presidente da Assembleia Legislativa do Estado, acaba de assumir a Vice-Presidência de Movimento Parlamentar defendendo mais profundidade no debate sobre a privatização da Chesf. Ele, contudo, já tem posição fechada sobre a hipótese de efetivação do processo, ou seja, quer recursos empregados exclusivamente no Nordeste.

- Ainda não dei publicização ao que agora exponho defendendo abertamente que , em caso de privatização da Chesf, que os recursos fiquem ou se destinem exclusivamente aos estados do Nordeste - afirmou.

Ele argumenta que é inadmissível que os recursos do Nordeste tenham outra destinação.

- Vamos lutar em favor do Nordeste - completou.

Walter Santos

UFCG denuncia invasão hacker no cadastro no Siape

A Secretaria de Recursos Humanos (SRH) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) detectou, nos últimos dias, evidências de que dados obtidos de forma ilícita, por meio da invasão de cadastros do Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape) do Governo Federal, estejam sendo utilizados por estelionatários.

 

Foram relatadas alterações de senhas de acesso ao Sistema de Gestão de Acesso (SIGAC) de servidores da instituição, sendo detectadas ainda duas tentativas de realização de empréstimos bancários fraudulentos, em nome de um deles, em agências na cidade de Brasília.

 

De acordo com o secretário de Recursos Humanos, Paulo Bastos, as investigações já estão sendo realizadas pela Polícia Federal. Ele orienta aos servidores da UFCG que acessem o SIGAC para verificar se houve alteração de login e senha, bem como, aos que receberam mensagem comunicando alteração de endereço eletrônico (e-mail), que compareçam urgentemente à SRH para que sejam adotadas as medidas necessária à sua proteção.

Da redação com assessoria

Na Paraíba, 700 pessoas aguardam na fila por transplante de órgãos

Na Paraíba, 700 pessoas aguardam transplante de órgãos, segundo dados do Governo do Estado. No Dia Nacional da Doação de Órgãos, lembrado nesta quarta-feira (27), a Central de Transplante revela que o número de doadores ainda é pequeno no Estado e que é preciso aprimorar a captação.

Em entrevista ao programa Rádio Verdade, da Rede Arapuan de Rádios, a diretora da Central de Transplantes, Gyanna Lys Montenegro, explicou que o número de pessoas que estão na fila é compatível com outros estados.

Segundo ela, existe uma campanha permanente de educação para incentivar a doação de escolas e orientações para profissionais da área médica sobre morte encefálica, primeiro passo para a captação dos órgãos.

“Aquele que está morto pode dar oportunidade de vida a várias pessoas. Por isso é necessário trabalhar na verificação da morte encefálica”, explicou.

Ela afirma que a cirurgia de captação de órgãos é feita como qualquer outra e não causa deformidades ao corpo do doador.

Qualquer hospital que identifique um possível doador e que possar dar o diagnóstico de morte encefálica, pode comunicar a Central de Transplante para que seja feita a captação do órgão.

“A partir do momento que nós temos a notificação, a Central se dirige ao hospital e oferece à família a oportunidade de doar. Também fazemos diariamente uma busca ativa nos hospitais e no Gmol para possíveis doadores”, afirmou.

Com o tema ‘Doar órgãos é amar sem medida’, a Central de Transplantes realiza a 17ª Campanha Estadual para Doação de Órgãos e Tecidos até o próximo sábado (30).

Para o presidente da Associação dos Pacientes Renais, Carlos Roberto, a estrutura do sistema de transplantes teve uma queda de qualidade. Segundo ele, atualmente apenas o Hospital de Emergência e Trauma e o da Unimed estão habilitados para a captação de órgãos.

MaisPB

Multa de até 100% no IPVA atrasado causa polêmica entre deputados da ALPB

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) analisa, nesta quarta-feira (27), um Projeto de Lei, de autoria do executivo estadual, que estabelece novos critérios para o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). O projeto vem causando polêmica na Casa, uma vez que prevê aplicação de multa de 100% no valor do imposto, caso o proprietário do veículo não pague o IPVA na data prevista.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

De acordo com a presidente da CCJ, deputada Estelizabel Bezerra (PSB), a reunião da comissão está prevista para acontecer a partir das 12h30.

Estelizabel disse que o projeto tem a relatoria Hervásio Bezerra (PSB) e como teve o pedido de vistas das deputadas Camila Toscano (PSDB) e Daniella Ribeiro (PP) não foi analisada na última reunião da comissão. “Como não cabe mais pedidos de vistas, a matéria será analisada nesta quarta”, garantiu.

A parlamentar lembrou que desde o ano de 2015, a Paraíba vem passando por ajustes fiscais para continuar a ser um dos únicos estados do país a cumprir com suas obrigações. 

Já o deputado Janduhy Carneiro (Podemos) criticou a medida e questionou o percentual de 100% na multa em caso de atraso no pagamento. Segundo ele, se o contribuinte atrasar um só dia terá que pagar o correspondente a um novo IPVA, só com a multa.

O parlamentar disse que a oposição não vai permitir que o projeto seja aprovado e pretende recorrer ao Ministério Público para tentar barrar o que considera um absurdo. “Não vamos aceitar isso, inclusive, se existe a possibilidade de pedirmos a inconstitucionalidade desse projeto, que penaliza o povo paraibano”, argumentou.

Menino de 11 anos e filho de vice-prefeita dirige carro e provoca policiais na PB; vídeo

Um vídeo que circula em redes sociais mostra um garoto menor de idade dirigindo pelas ruas de Mamanguape, no Litoral Norte da Paraíba. Ele é filho da vice-prefeita do município, Baby Helenita (PRTB). O registro foi feito pelo próprio garoto, que estava acompanhado por outra criança no veículo. Os dois cantam e fazem provocações à Polícia Militar durante o 'passeio'.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Nas imagens, é possível observar que uma viatura trafega logo à frente do veículo em que estão as crianças. Os dois meninos ultrapassam o carro da polícia e, fazendo uso de palavrões, debocham do fato de não serem parados pela autoridade. Ao Portal Correio, o comandante da PM na região, major Alberto Filho, disse que os militares não viram que os únicos ocupantes do carro eram crianças, pois todos os vidros do veículo que eles estavam têm revestimento fumê. 

Em nota publicada no Facebook, a vice-prefeita pediu desculpas à sociedade e à Polícia Militar pela atitude do filho. Ela disse que reprova a postura do garoto e que tomará todas as providências cabíveis.

“Não concordo com a atitude que for exercida pelo meu filho. Não é dos meus ensinamentos enquanto mãe, não foi isso que ensinei a meus filhos e tomarei as devidas providencias em relação ao que ele fez. Criança cega a gente, tem uma mentalidade muito fértil e toma decisão sem nos consultar, infelizmente. Eu estava trabalhando em prol da minha cidade enquanto tudo isso aconteceu”, diz Baby Helenita.

“Nossa família tem total respeito pela Policia Militar e eu sei como é importante o seu trabalho para a segurança da população, que são incansáveis na sua luta diária. Meus pedidos de desculpas à sociedade e a todos os policiais militares. Saibam do nosso respeito para com todos”, finaliza a vice-prefeita.

O outro menino que aparece nas imagens não tinha sido identificado até a publicação desta matéria, mas a polícia trabalha para localizar os responsáveis por ele. "Acredito que os pais dos dois envolvidos devem ser representados judicialmente por essa infração", conta o major Alberto Filho. 

Segundo o major, o vídeo e as informações foram entregues por ele à Corregedoria da PM para que a situação seja apurada. Ele falou ainda, à TV Correio, que a Promotoria da Infância e Juventude vai acionar criminalmente os pais das crianças.

///// PARAÍBA & BRASIL E MUNDO

///// ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Na FM 104,9 Agora!

Temos 51 visitantes e Nenhum membro online