OUVIR  

Clube FM: (83)3531-4379  WHATSAPP 9.9999-2683

PARAÍBA

Ministro da Saúde confirma que Paraíba terá ampliação nos recursos para cirurgias

O ministro da Saúde Alexandre Padilha afirmou para o senador Vital do Rêgo Filho (PMDB) que a Paraíba terá ampliação nos recursos para cirurgias eletivas. Senador revela que objetivo da ação é reduzir filas no SUS e aumentar o número de cirurgias. O peemedebista disse  nesta quinta-feira (05) que que ficou muito feliz ao saber que o Estado da Paraíba e seus respectivos munícipios terão aumento nos seus recursos para a ampliação das cirurgias.


Segundo Vital, com intuito de reduzir as filas no Sistema Único de Saúde (SUS) o Ministério da Saúde (MS) destinará R$ 650 milhões aos estados e municípios. O investimento representa um crescimento de 85,7% em relação ao valor destinado no ano passado, que foi de R$ 350 milhões. Em 2011, foram 345.834 cirurgias eletivas realizadas pelo SUS. “Em uma década, o Brasil aumentou 1.135% o número de procedimentos do tipo em relação a 2001, quando foram realizadas 28 mil cirurgias”, disse. A Portaria n° 1.340, que estabelece as diretrizes e os recursos por estado, foi publicada no começo desta semana, no Diário Oficial da União.

Padilha destaca que tais poderes executivos receberão os recursos, em uma única parcela, para o período de um ano, e serão aplicados nas especialidades de maior demanda e naquelas escolhidas pelos gestores locais, de acordo com a realidade da região. Além disso, do total, R$ 50 milhões serão destinados aos municípios com 10% ou mais de sua população em situação de extrema pobreza.

Vital do Rêgo, que recentemente parabenizou o prefeito Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) pela iniciativa da implantação do Hospital Municipal da Criança e do Adolescente na cidade, afirma que o incremento nos recursos irá ampliar consideravelmente o número de cirurgias eletivas na unidade.

Outra ampliação possibilitada pelo aumento das verbas repassadas dentro do orçamento deste ano são destinadas para realização de cirurgia de catarata, varizes, cirurgias ortopédicas e nas áreas de urologia, oftalmologia e otorrinolaringologia, incluindo retirada de amígdalas.

A cirurgia de catarata é a mais procurada pelos usuários do SUS. Em 2011, 168.945 cirurgias foram realizadas, um aumento de 96,4% em relação a 2010, quando foram realizadas 86.005.

MaisPB,

com Assessoria

Liberado tráfego para veículos nas rodovias que ligam a BR-230 a Ingá e Itabaiana; desvios permitem fluxo normal

Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba (DER) liberou, na tarde da última quarta-feira (4), o tráfego para veículos de pequeno e grande porte através do desvio construído ao lado da ponte na PB-066, que liga a BR-230 a Ingá. Também já foi liberado o tráfego pelo desvio construído em um rio na PB-054, rodovia que liga a BR-230 a Itabaiana onde a ponte foi destruída, no ano passado.

Para oferecer mais segurança na construção dos desvios, foram colocadas rochas de grande porte e tubos, permitindo o tráfego com segurança de veículos de pequeno e grande porte. Máquinas e equipes do órgão foram deslocadas, desde a semana passada, para as áreas com problemas com o objetivo de amenizar os transtornos dos usuários e evitar acidentes.

Os serviços na PB-054 foram realizados pela Residência Rodoviária de Itabaiana, que utilizou uma equipe de funcionários. Na rodovia de Ingá, os serviços foram executados por uma empresa contratada. Na quarta-feira, o diretor superintendente do DER, Carlos Pereira, inspecionou os serviços das áreas atingidas e autorizou a liberação do tráfego de veículos pelos desvios das duas rodovias.

Secom-PB

Executiva Nacional do PT não delibera sobre coligação com PP e Alexandre diz que isso fortalece candidatura própria

O Presidente Municipal do PT de Campina Grande, Alexandre Almeida, declarou, nesta quarta-feira (04), que a Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores realizou uma reunião ontem, mas não deliberou sobre a aliança do PT com o PP na Rainha da Borborema.

De acordo com Alexandre Almeida, que é contra a aliança a tal atitude frustra a expectativa dos defensores da união. “Com isso, a tese de candidatura própria do partido em Campina Grande continua estabelecida e deverá ser mantida”, disse o petista.

Segundo Alexandre, com a decisão da Executiva Nacional de não deliberar sobre o caso de Campina Grande, qualquer decisão agora só poderá – ou não – ser tomada apenas no próximo dia 12 de julho, quando haverá nova reunião.

“Hoje a Executiva Nacional deliberou dobre diversas cidades do País, mas não sobre Campina Grande, o que fortalece o PT de Campina e a tese da candidatura própria”, afirmou.

De acordo com o Presidente do PT campinense, a decisão da Nacional hoje sinaliza para a homologação da candidatura própria do PT em Campina pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba ( TRE) o que deve ocorrer antes do dia 12. “O processo de Campina Grande prossegue sem qualquer interferência, polarizado pela vontade própria do Presidente Estadual, Rodrigo Soares e de um pequeno grupo, que querem fazer intervenção branca em Campina”.  

Ele lembrou que, com a decisão da Nacional de não deliberar sobre Campina Grande, o TRE-PB poderá homologar as candidaturas de Alexandre Almeida e Flávia Pontinelli para Prefeito e Vice-Prefeita pelo PT sem que haja contestação do PT Nacional.

Respaldo do PT Nacional - “Estou bastante confiante na homologação do registro de nossa candidatura. Temos o respaldo da Nacional, considerando que as decisões da Nacional do PT são colegiadas e deliberaram para a priorização de candidaturas próprias em cidades consideradas importantes, estratégicas e prioritárias para o PT, como é o caso de Campina Grande”, afirmou Alexandre.

De acordo com o Presidente petista, “este apoio da Nacional à candidatura própria em Campina Grande é demonstrado pela maior instância do partido, que foi o 4.º Congresso do PT, realizado em setembro do ano passado, continua nas decisões do Diretório Nacional se consolida nas últimas resoluções da Comissão Executiva Nacional”.

Segundo Alexandre, as recomendações de todas estas instâncias são de deliberação pela candidatura própria, “o que nós do PT de Campina Grande estamos seguindo à risca, a despeito de todas as tentativas vãs e vis de intervenção branca que a Direção Estadual do PT vem tentando impor aos filiados de Campina Grande”. O Presidente finalizou dizendo estar confiante de que a candidatura própria do PT em Campina será homologada pela Justiça Eleitoral. “Estou confiante de que a decisão da Justiça Eleitoral em prol da promulgação da candidatura própria fará jus à vontade dos filiados do PT em Campina Grande”.

MaisPB,

com Assessoria

Cássio fala sobre estado de saúde de Ronaldo

O estado de saúdo do ex-governador Ronaldo Cunha Lima agravou-se nesta terça-feira (26), a confirmação foi do seu filho, senador Cássio Cunha Lima, que retornou de Brasília para acompanhar a evolução no quadro clinico do Poeta.

Ronaldo está em uma UTI residencial, montada em um apartamento em João Pessoa. Na tarde e noite desta terça-feira foi intensa a movimentação de familiares e amigos no local. Cássio chegou no apartamento por volta das 14:30 h.

No quarto onde Ronaldo estar, apenas familiares e equipe médica estão tendo acesso, a exceção ficou pela presença do senador Cícero Lucena e do deputado estadual João Gonçalves, aliados políticos que ficaram do lado de Ronaldo quando o ex-governador saiu do PMDB para o PSDB. Ronaldo passou a ter, de acordo com Cássio, de um quadro “estável” para “instável”.

Em julho de 2011, o ex-governador da Paraíba foi diagnosticado com um tumor (Adenocarcinoma) no pulmão esquerdo em estágio precoce e com elevada chance de cura. Em seguida, Ronaldo deu início ao tratamento da doença recorrendo à radioterapia. Em 5 de agosto do mesmo ano ocorreu no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, a última das seis sessões, a qual ele foi submetido.

O poeta voltou a ser internado no dia 19 dezembro no hospital da capital paulista e no dia 23 de dezembro passou por uma intervenção médica conhecida por pleurodese após ter sido diagnosticado com um quadro moderando de derrame pleural.

Já em João Pessoa, Ronaldo chegou a ficar internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital da Unimed UTI e desde de março está na estrutura montada em casa.



MaisPB

PB pode receber mais 13 UPA‘s e Cássio faz alerta aos prefeitos sobre prazos do MS

O Ministério da Saúde habilitou 13 municípios da Paraíba para receberem recursos para construção de UPAs ( 24 horas) e Unidades Básicas de Saúde. O Senador Cássio Cunha Lima (PSDB) aproveitou para alertar que os prefeitos habilitados devem agilizar o mais rápido possível, o envio de toda a documentação exigida para a Fundação Nacional de Saúde (FNS). “Vamos continuar lutando, aqui em Brasília, para garantir que novos municípios do nosso Estado também sejam contemplados nestes programas federais”, afirmou Cássio, que mais uma vez disponibiliza seu Gabinete Parlamentar em Brasília para prestar informações complementares.

De acordo com portaria publicada no Diário Oficial da União, treze municípios paraibanos serão beneficiados, ainda este mês, com recursos do Ministério da Saúde para construção de 04 Unidades de Pronto-atendimento (UPA-24 horas), implantação de 03 unidades básicas de saúde (UBS) e recursos para construção de 10 novos polos de academia de saúde. De acordo com a assessoria do gabinete do senador Cássio Cunha Lima, o Ministério da Saúde habilitou quatro novas Unidades de Pronto-atendimento (UPA-24 horas) para a Paraíba: Campina Grande, Cuité, Picuí e Serra Branca. As UPAs estão voltadas ao atendimento de urgências e emergências. Quando os pacientes chegam às unidades, os médicos estabilizam o seu quadro, definem o diagnóstico e analisam a necessidade de encaminhá-lo a uma unidade hospitalar. O projeto das UPA-24h integra a Política Nacional de Atenção às Urgências e Emergências, lançada pelo Ministério da Saúde em 2003.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde foram autorizadas as construções de três novas Unidades Básicas de Saúde (UBS), beneficiando os municípios de Dona Ines, Patos e Sossego. Os recursos financeiros são transferidos diretamente do Fundo Nacional de Saúde para os fundos municipais de saúde. As novas UBS que serão construídas servirão de base para que as equipes de Saúde da Família possam realizar os atendimentos às comunidades. As ESF têm a responsabilidade de ofertar uma atenção integral desde a promoção da saúde, prevenção de doenças, recuperação da saúde, acompanhamento em casos de doenças crônicas, atenção e encaminhamento das urgências.

O Senador Cássio Cunha Lima aproveitou também para informar também que oito municípios (Camalaú, Cuitegi, São José do Bonfim, Parari, Duas Estradas, Jericó, Mulungu, Patos, Santa Cruz e Cacimba de Dentro) foram habilitados a receber investimentos para a construção dos polos da academia da saúde.

Assessoria

///// PARAÍBA & BRASIL E MUNDO

///// ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Na FM 104,9 Agora!

Temos 61 visitantes e Nenhum membro online