OUVIR  

Clube FM: (83)3531-4379  WHATSAPP 9.9999-2683

PARAÍBA

Inquérito aponta que Cartaxo teria desviado R$ 2 milhões das obras da Lagoa para campanha de Lucélio

O Paraíba Já teve acesso nesta quinta-feira (5) a um trecho do inquérito civil que tramita no Ministério Público Federal (MPF) eque investiga os desvios de recursos destinados à reforma do Parque Solon de Lucena, a Lagoa, realizados pela gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PSD). Foi anexada ao inquérito uma denúncia que envolve seu irmão gêmeo, o presidente do PSD de João Pessoa, Lucélio Cartaxo.

A denúncia, recebida pelo procurador Yordan Delgado, responsável pelo inquérito, aponta que recursos da obra teriam sido desviados para favorecer a reeleição de Cartaxo e a campanha para senador do seu irmão, Lucélio Cartaxo, nas eleições majoritárias de 2014.

Segundo a denúncia, o irmão de Cartaxo, Lucélio, recebeu a quantia de R$ 2 milhões dos recursos da Lagoa. O denunciante afirma que Lucélio comprou dois apartamentos, no bairro do Altiplano. Cada um teria custado R$ 1 milhão, valor não compatível com seus bens e renda.

A identidade do denunciante está sob sigilo. Na denúncia, ele também cita o nome da esposa do secretário de Infraestrutura, Cássio Andrade, Luciana Torres Maroja, que trabalha na Caixa Econômica Federal. Conforme a denúncia, Luciana manipulou diretamente e indiretamente os laudos para a obra da Lagoa, facilitando os desvios de dinheiro da obra.

Outubro Rosa Gervásio destaca importância de políticas públicas na prevenção do câncer de mama

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gervásio Maia, destacou na manhã desta terça-feira (3), a importância do trabalho de prevenção e conscientização contra o câncer de mama, com o início da campanha Outubro Rosa.  A informação foi defendida na tribuna da Casa de Epitácio Pessoa, durante a sessão realizada no Plenário José Mariz.

De acordo com o presidente, o poder público e as autoridades constituídas precisam unir forças com objetivo de realizar o melhor trabalho possível, no sentido de divulgar e esclarecer a importância do diagnóstico precoce. “Assembleia Legislativa sempre tem tomado a frente de temáticas de interesse da população e nesse segmento específico as ações da Frente Parlamentar de Combate ao Câncer estão cumprindo muito bem esse papel. Ainda é importante ressaltar que o setor médico da Casa está promovendo um trabalho preventivo direcionado as nossas servidoras. E recentemente tivemos uma campanha interna para realização dos exames de mama”, acrescentou Gervásio Maia.

O presidente da Frente Parlamentar de Combate ao Câncer, deputado Bruno Cunha Lima, lembrou que a campanha Outubro Rosa foi criada de forma pioneira no país, com a finalidade de difundir a informação sobre o câncer de mama, já que existe um alto índice de mortes em função da doença no Brasil. “O diagnóstico precoce ainda é a principal arma contra o câncer e quanto mais cedo se descobre, maior a chance de vencer essa batalha. Inclusive, a frente parlamentar escolheu o mês de outubro para realizar a Corrida do Bem, justamente para estar inserida dentro desse contexto de esclarecimento e prevenção”, finalizou o presidente da Frente.

Corrida do Bem

No próximo domingo (8), a Frente Parlamentar de Combate ao Câncer da Assembleia Legislativa estará promovendo a segunda edição da Corrida do Bem. A atividade irá ocorrer na orla de João Pessoa e toda renda arrecadada com a venda dos kits será revertida ao Hospital Napoleão Laureano, para ampliação e melhoramento dos serviços.

Bradesco irá gerir pagamento de fornecedores da PB

Os fornecedores que prestam serviços ao Estado terão que abrir uma conta, caso ainda não possua, no Banco do Bradesco, que vai gerir a folha de pagamento do governo.

Segundo o decreto do governador Ricardo Coutinho (PSB), os pagamentos de bens e serviços de qualquer natureza prestados aos órgãos e instituições da Administração Direta e Indireta (fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista) do Poder Executivo Estadual serão realizados, exclusivamente pelo Bradesco.

Os fornecedores devem comunicar ao Estado o registro da conta.

A medida, publicada na edição desta quarta-feira (04) no Diário Oficial do Estado, já está em vigor.

MaisPB

Pela 3ª vez: Cássio Cunha Lima deve assumir presidência do Senado Federal na próxima na quinta-feira

 Pela terceira vez o  senador Cássio Cunha Lima (PSDB) assumirá a Presidência do Senado Federal . Desta vez ele vai assumir a presidência por uma semana a partir da próxima quinta-feira (05).

De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo, o presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), vai se ausentar devido a uma viagem para comemorar os 60 anos da esposa.

Em julho deste ano, Cássio que é vice presidente da Casa, assumiu,  a presidência do Senado Federal pela segunda vez.


O presidente Michel Temer (PMDB) viajou para a Europa, onde participou do G20, encontro que reúne as 19 maiores economias do mundo e a União Europeia. Na ausência de Temer, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), deveria assumir a presidência, mas o deputado estava com viagem marcada para a Argentina.

  Assim, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE),  assumiu o comando do país e Cássio voltou ao mais alto posto da Casa. Cássio assumiu o posto pela primeira vez devido a licença de Eunício Oliveira para tratar de problema de saúde.

  PB Agora

Ricardo baixa decreto e coloca Campina e mais 195 municípios em situação de emergência

Um decreto assinado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), publicado na edição do Diário Oficial do Estado (DOE), coloca 196 municípios paraibanos em situação de emergência por conta da estiagem prolongada na Paraíba. Dentre os municípios atingidos pelo decreto governamental, está a cidade de Campina Grande, que desde o dia 25 de agosto teve o abastecimento de água normalizado com o fim do racionamento na região.A publicação com a lista completa dos municípios pode ser conferida a partir da página 1 do D.O.E.

Leia também: PB se divide em litoral com água e interior seco, com racionamentos de até 15 dias

Durante a validade do decreto, que é de 180 dias, fica o Estado autorizado a abrir crédito extraordinário por conta da atual situação. No período também está permitida a convocação de voluntários para reforço das ações de respostas ao desastre natural vivenciado na Paraíba.

 Leia mais Notícias no Portal Correio

Por conta da situação de emergência, ficam dispensados de licitação, os contratos de aquisição de bens e serviços necessários às atividades de resposta ao desastre, locação de máquinas e equipamentos, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação do cenário do desastre, desde que possam ser concluídas no prazo estipulado em lei.

///// PARAÍBA & BRASIL E MUNDO

///// ÚLTIMAS NOTÍCIAS

SIGA NAS REDES SOCIAIS

   

FALE PARA SEUS AMIGOS QUE ESTÁ OUVINDO A FMCIDADE

Na FM 104,9 Agora!

Temos 76 visitantes e Nenhum membro online