OUVIR  

Clube FM: (83)3531-4379  WHATSAPP 9.9999-2683

PARAÍBA

Programação natalina da ALPB leva centenas de pessoas ao Centro de JP

O Coro Sinfônico Infantil da Fundação Espaço Cultural (Funesc) abriu, nesta segunda-feira (18), a primeira noite da programação natalina da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Das janelas do histórico Paraíba Palace, onde funciona o Centro

Administrativo da Casa legislativa, mais de 50 crianças emocionaram as centenas de pessoas que compareceram ao evento no Ponto de Cem Réis.

 

O presidente da Assembleia Legislativa, Gervásio Maia, destacou que a programação natalina do Poder Legislativo, denominada "Um Presente de Natal', é mais um passo na revitalização do Centro Histórico. "O Ponto de Cem Réis, parte importante do Centro Histórico de João Pessoa, volta a ser um lugar de convivência, de confraternização entre as famílias", ressaltou. "Particularmente, fico muito feliz dessa retomada ocorrer em um momento tão especial, que é o Natal", prosseguiu.

O deputado João Gonçalves ressaltou que a programação de Natal da Assembleia vai além do aspecto cultural. "É um momento de humanidade, de fraternidade entre as famílias. A Assembleia, sob a gestão do deputado Gervásio Maia, promove as atividades legislativas com foco no social. Por sua vez, a presidente da Funesc, Nézia Gomes, pontuou a parceria entre a Fundação Espaço Cultural e a Assembleia Legislativa. "É uma parceria que tem todas as condições para ser ampliada nos próximos eventos, em que o público ganhará ainda mais", acrescentou.

Programação - A programação natalina da Assembleia Legislativa prossegue nesta terça-feira (19) com a apresentação da Orquestra Sinfônica da Paraíba, às 19h.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TOCOU O TERROR: bandidos explodem banco e agência dos correios de uma só vez na região de Sousa

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

18/12/2017 às 07h55 • atualizado em 18/12/2017 às 07h59

 A estrutura do prédio foi danificada, atingindo outras lojas (Foto: Reprodução / whatsapp)

Um bando de cerca de 10 homens explodiu de uma vez só a agência dos Correios e um correspondente bancário na madrugada desta segunda-feira (18) na cidade de Aparecida, região de Sousa, no Sertão do estado.

 

Segundo informações da Polícia Miliar, o grupo chegou a cidade em dois carros, e realizou as explosões aos caixas eletrônicos das duas agencias aconteceram uma seguida da outra, e segundo o delegado da Polícia Civil, que investiga o caso, Alarico Rocha, o grupo teria conseguido levar o dinheiro apenas da agência dos Correios, onde a explosão foi maior.

Para realizar a ação, o bando fechou as duas principais entradas da cidade, na BR-230, e efetuaram vários tiros, aterrorizando a população. Após a ação, eles foragiram pela zona rural.

O prédio onde fica localizada a agência dos Correios teve uma de suas colunas destruída, e uma loja próxima ficou danificada. Ainda não se sabe o valor exato que os bandidos levaram.

A Polícia realiza diligências com o intuito de prender os suspeitos, mas até o momento não obteve êxito.

DIÁRIO DO SERTÃO

Aguinaldo admite que Previdência pode não ser votada neste ano: “Governo não quer correr riscos”

Após Michel Temer admitir que votação da reforma da Previdência pode acontecer só em fevereiro de 2018, foi a vez do do núcleo mais próximo do presidente e seus principais articuladores políticos já começarem a falar abertamente da possibilidade da votação não acontecer neste ano na Câmara. O deputado federal paraibano Aguinaldo Ribeiro (PP), líder do governo, participou nessa terça-feira (12) de um jantar com o presidente.

O discurso é de otimismo, há a sensação de que o apoio à proposta vem aumentando entre os deputados. Porém, há dúvidas se será possível angariar todos os 308 votos necessários para a aprovação das mudanças na aposentadoria antes do início do recesso parlamentar, em 23 de dezembro.

Na saída do evento, Aguinaldo disse que Temer manteve o discurso positivo em torno da matéria, e que a estratégia é “forçar a votação”, mas sem correr riscos. “Na reunião, Temer manteve o discurso de otimismo. A estratégia é forçar a votação e marcar uma data. Se melhorar até o fim de semana, vota. O governo quer ter 320 votos para não correr riscos”, declarou.

O paraibano admitiu que só a pressão da sociedade poderá levar à aprovação da reforma. “Tenho certeza de que quando mudar essa percepção da sociedade, a pressão será outra, será pela aprovação da reforma da Previdência”, afirmou Ribeiro.

Com Valor

Cássio destina R$ 180 mil para a saúde de São José de Piranhas

Cento e oitenta mil reais foram destinados à saúde pública do município de São José de Piranhas, liberados pelo gabinete do senador Cássio Cunha Lima (PSDB). A informação foi confirmada ao Radar Sertanejo, na tarde desta terça-feira (12), pelo vice-prefeito da cidade, Júnior Brasileiro.

Até o final deste ano mais R$ 100 mil será destinado para o Fundo Municipal de Saúde, totalizando R$ 280 mil, conforme disse Juninho. “Esse dinheiro será para custeio da saúde”, acrescentou.

Ultimamente a cobrança de recursos feita ao Governo Federal por parte dos senadores e deputados para os municípios aumentaram a pedido de prefeitos, por conta da crise financeira que atinge principalmente as prefeituras. Mesmo não sendo o suficiente, mas o governo tem cedido às pressões encampadas pelos municípios por liberação de verbas.

Radar Sertanejo

Bancada da Paraíba na Câmara diverge sobre reforma da previdência; apenas quatro já se posicionaram contra

Dos 12 deputados federais pela Paraíba, apenas quatro já se posicionaram contra a reforma previdenciária, proposta pelo Governo Michel Temer (PMDB). Pelo menos foi esse o resultado de um levantamento, divulgado, nesta sexta-feira (01), pelo jornal, A Folha de São Paulo.

Se posicionaram contra os deputados Luiz Couto, do PT; Pedro Cunha Lima, do PSDB; Rômulo Gouveia (PSD) e Wellington Roberto (PR). Apesar de não figurar no levantamento realizado pela reportagem, o deputado Veneziano Vital (PMDB) tambémtem acenado que deverá votar contra.

O líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP), é um único apontado como favorável à reforma na reportagem, no entanto, André Amaral, do PMDB, em recente entrevista, já se posicionou também favorável a reforma.

Damião Feliciano (PDT) deve seguir a orientação partidária. Efraim Filho (DEM) e Wilson Filho (PTB) não quiseram se manifestar.

Benjamim Maranhão (SD), Hugo Motta (PMDB) não foram encontrados pela reportagem.


Redação

///// PARAÍBA & BRASIL E MUNDO

///// ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Na FM 104,9 Agora!

Temos 50 visitantes e Nenhum membro online