OUVIR  

Clube FM: (83)3531-4379  WHATSAPP 9.9999-2683

 

O desembargador do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, Carlos Beltrão, relator da Ação de Investigação Judicial Eleitoral do Empreender, pediu, nesta quarta-feira (19), pauta para que o processo seja analisado pela corte.

A ação, movida pela Coligação “A Vontade do Povo”, que teve como candidato o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao Governo do Estado, contra a Coligação “A Força do Trabalho”, encabeçada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), apura possíveis irregularidades cometidas por Coutinho em 2014 no programa, que visa liberar créditos para microempreendedores do Estado.

A acusação alega que houve um aumento no número de benefícios que foram distribuídos no ano eleitoral. De acordo com a peça, em 2011, o Empreender concedeu R$ 5 milhões em créditos, em 2012 esse número subiu para R$ 18 milhões, em 2013 para R$ milhões e em 2014 para R$ 32 milhões.

A Procuradoria Eleitoral deu um parecer pedindo a cassação e a inelegibilidade do governador Ricardo Coutinho. A data para o julgamento, porém, ainda não foi definida.

Portal MaisPB tentou entrar em contato com a defesa do gestor, mas as ligações não foram antedidas.

///// PARAÍBA & BRASIL E MUNDO

///// ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Na FM 104,9 Agora!

Temos 160 visitantes e Nenhum membro online