OUVIR  

Clube FM: (83)3531-4379  WHATSAPP 9.9999-2683

NOTÍCIAS

Grave acidente próximo a Cajazeiras mata uma pessoa e deixa dois feridos.

Um grave acidente foi registrado na tarde desta terça-feira (01), na PB 400 entre as cidades de Cajazeiras e São José de Piranhas. Segundo a polícia, o táxi que faz a linha entre as duas cidades, vinha de Cajazeiras e transportava três pessoas.

Acerca de cinco quilômetros de Cajazeiras, nas proximidades do sítio Guaribas, o veículo capotou, vindo a morrer no local a senhora Rita Nunes da Silva. Ela era natural de São José de Piranhas, mas, atualmente morava em Cajazeiras.

Segundo informações de testemunhas, a vítima tinha ido receber o primeiro salário do aposento.

De acordo com o Cabo Sidney, o motorista perdeu o controle do veículo, capotando várias vezes até subir a ribanceira. “Quando chegamos, a vítima se encontrava em baixo do veículo, de forma totalmente destorcida e já sem vida”, disse.

As demais pessoas que vinham no táxi foram socorridas  pelo SAMU  e estão sendo atendidos no Hospital Regional de Cajazeiras.

A Polícia ainda não sabe o que ocasionou o acidente.

 

DIÁRIO DO SERTÃO

Sousa poderá receber água do açúde de Engenheiro Ávidos para amenizar a seca

A cidade de Sousa poderá receber nas próximas semanas 6 milhões de metros cúbicos de água do Açude de Engenheiro Ávidos, após atuação decisiva em Brasília do Prefeito da cidade André Gadelha, em parceria com o deputado federal Leonardo Gadelha (PSC-PB)que lutam juntos para aplacar os efeitos da seca na região.

Eles se reuniram nesta quarta-feira (18), na sede da Agência Nacional de Águas (ANA), na capital do País, com o diretor-presidente da entidade, Vicente Andreu, o chefe de Gabinete, Horácio Figueiredo, e com o assessor parlamentar, Fredejan Pedrosa.

Logo após a reunião, Leonardo se mostrou confiante: “Certamente conseguimos sensibilizar a cúpula da ANA quanto à situação caótica da região de Sousa, que sofre com a falta de água para consumo humano e para a produção agrícola”, declarou o vice-líder do PSC na Câmara.

No encontro, André e Leonardo Gadelha alertaram para o fato de que a produção agrícola de Sousa é uma das mais importantes do estado, e que a falta de água neste momento poderá gerar prejuízos pelos próximos oito anos, que é o período entre o plantio e a primeira safra de coco.

Andreu, da ANA, se comprometeu a dar uma resposta definitiva até o dia 30 de setembro, tempo que levará para consultar o Governo da Paraíba e a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (AESA-PB).Assim que for comunicado o posicionamento da ANA, o processo para liberar a água para o Perímetro Irrigado de São Gonçalo deverá levar alguns dias.

Dessa forma, a estimativa é que a água esteja disponível para a região de Sousa até a primeira quinzena de outubro.

DIÁRIO DO SERTÃO com Secom

Menina de 6 anos é violentada sexualmente, não resiste e morre em cidade do Sertão

Uma menina de 6 anos foi vítima de violência sexual na tarde deste último sábado (14), no município de Coremas.

Segundo informações da polícia, a criança teria ido brincar com os filhos do suspeito em uma residência próximo a casa em que mora com a família, no bairro Caminho de dentro em Coremas, sertão da Paraíba, e quando retornou, sua avó teria percebido sangue em seus órgãos genitais.

A menina, que é criada por uma tia, teria saído pra brincar com os filhos do suspeito quando foi violentada, no entanto, ainda não se sabe em quais circunstâncias o crime teria acontecido.

Equipes do SAMU encaminharam a mesma até ao hospital mais próximo, mas a vítima não resistiu e veio a óbito horas depois.

Policiais militares estão fazendo diligências, mas não conseguiram encontrar o suspeito, que ainda não teve o nome divulgado.

DIÁRIO DO SERTÃO

Estudante perde o companheiro no dia dos namorados: "Vou ter que superar isso"

A estudante Pâmela Pereira, natural do Ceará, escreveu uma mensagem em homenagem ao seu namorado que morreu em um grave acidente nesta quarta-feira (12), na BR 230 próximo a cidade de Aparecida. A mãe e a irmã de Ewerton ficaram feridas no sinistro.

Ainda abalada com a notícia da morte de Ewerton Ramalho, a estudante escreveu a seguinte mensagem no Facebook:  “Oun bb, eu te amo tanto! porque você me deixou? vou sentir muito a sua falta.. falta do seu abraço, do seu beijo, do seu sorriso, falta de você! Agora vou ter força e superar isso, sei que se você estivesse aqui ia querer me ver sorrindo. Não vou esquecer de você mô, vai em paz. Eu te amo”, finalizou emocionada.

Há cerca de um ano, que Pâmela Pereira estava namorando com Ewerton Ramalho. A estudante disse que o casal iria realizar uma comemoração especial para o dia dos namorados. “Nós íamos jantar juntos. Ele me disse que tinha preparado uma coisa, praticamente essas foram as últimas palavras dele”, disse emocionada Pâmela.

 

DIARIO DO SERTÃO

Reportagem mostra população morando em casas sem energia; Gestor esclarece situação

A equipe do programa Sertão Alerta, da TV Diário do Sertão se deslocou até o município de São João do Rio do Peixe para verificar uma denuncia realizada pela população e constatou que todo o conjunto habitacional Otacílio Pereira está sem energia elétrica. Além disso, o local não está pavimentado e há poças de lamas devido as últimas chuvas.

Segundo informações, as pessoas que estão morando no conjunto não têm condições de pagar aluguel e em um ato de desespero, estão ocupando essas moradias.

De acordo com a moradora Ana, que reside no conjunto Otacílio Pereira a dois meses, a energia elétrica é disponibilizada algumas vezes, através de “gambiarras”. Já a moradora Josinete, disse que vive a luz de candeeiros, porém, segundo ela, é melhor do que pagar aluguel. “Vamos esperar pelos homens para ter energia, água e esgoto”, disse.

Segundo os moradores, a empresa Energisa alega que os postes do conjunto habitacional foram colocados no lugar errado e que a energia só poderá ser instalada, quando os postes forem nos colocados nos locais certos.

O outro lado
A reportagem procurou o prefeito de São João do Rio do Peixe, Airton Pires (PSC) para esclarecer a situação. Segundo ele, a culpa é do ex-gestor, Lavoisier Dantas (PP) que entregou a obra antes da conclusão.

Entretanto, Airton disse que está sendo feita a terraplanagem do local e afirmou que a Energisa já está trabalhando para instalar energia. “Acredito que em 40 dias estará tudo pronto”, disse ele.

 

DIÁRIO DO SERTÃO

Pastor do Sertão conta passado negro, diz ser contra camisinha e revela que Pica-pau é demoníaco: ¨Incentiva a homossexualidade¨

O pastor Luiz Lourenço, da cidade de Marizópolis, no Sertão do Estado, mais conhecido como o Pastor “Poroca”, concedeu entrevista ao programa Interview da TV Diário do Sertão nesta segunda-feira (13). Na oportunidade, o pastor explicou a origem de seu apelido e disse que veio do fenômeno natural das águas Pororoca. “Me identificaram com esse apelido porque sou perturbador das nações”, disse.

O pastor é casado com uma paulista, tem três filhas e já é avô. Ele afirmou sem medo que não veio para agradar, pois, veio para dizer a verdade.

Antes de se tornar evangélico, o pastor contou que seu divertimento era beber, dançar e farrar, mesmo já sendo casado, com três filhos e uma esposa evangélica.  “Eu era considerado o Luisão da Bagaceira, não bebia cerveja, meu negócio era cachaça com o copo sangrando, mas para a Glória de Deus e para a vergonha do diabo, hoje estou aqui”, disse.

O pastor confessou que nessa época, seu alimento era cigarro e cachaça. Foi então que ele começou a ouvir vozes a cada vez que pegava um cigarro, dizendo: “Meu filho, não faça isso”. E quando jogava um cigarro fora ouvia: “Miserável, vou lhe matar, maldito”. O pastor disse que começou a ouvir e ver a Deus, dizendo que ia salvá-lo.

Polêmico
O pastor Poroca disse ser contra o uso da camisinha. “Depois que apareceu, o desmantelo tá grande”, disse. Segundo o pastor, para orar o “Pai Nosso” é preciso estar em comunhão.

Com relação às imagens católicas, o pastor recriminou. “Esse Jesus que vocês têm pintado aí, esse loirão aí, isso é o diabo. O meu Jesus é fogo puro”, disse.

Sobre as relações entre homossexuais, o pastor disse ser contra e acrescentou que os gays estão possessos pelo demônio da Pomba Gira. “Não tenho raiva de gay, tenho nojo é da safadeza”, disse.

O pastor Poroca falou ainda sobre o desenho “Pica-Pau”, dizendo que ele incentiva a homossexualidade. “É demoníaco e só faz desmantelo”, disse.

Pastor Poroca foi o entrevistado desta segunda-feira na TV Diário do Sertão

O pastor Luiz Lourenço, da cidade de Marizópolis, no Sertão do Estado, mais conhecido como o Pastor “Poroca”, concedeu entrevista ao programa Interview da TV Diário do Sertão nesta segunda-feira (13). Na oportunidade, o pastor explicou a origem de seu apelido e disse que veio do fenômeno natural das águas Pororoca. “Me identificaram com esse apelido porque sou perturbador das nações”, disse.

O pastor é casado com uma paulista, tem três filhas e já é avô. Ele afirmou sem medo que não veio para agradar, pois, veio para dizer a verdade.

Antes de se tornar evangélico, o pastor contou que seu divertimento era beber, dançar e farrar, mesmo já sendo casado, com três filhos e uma esposa evangélica.  “Eu era considerado o Luisão da Bagaceira, não bebia cerveja, meu negócio era cachaça com o copo sangrando, mas para a Glória de Deus e para a vergonha do diabo, hoje estou aqui”, disse.

O pastor confessou que nessa época, seu alimento era cigarro e cachaça. Foi então que ele começou a ouvir vozes a cada vez que pegava um cigarro, dizendo: “Meu filho, não faça isso”. E quando jogava um cigarro fora ouvia: “Miserável, vou lhe matar, maldito”. O pastor disse que começou a ouvir e ver a Deus, dizendo que ia salvá-lo.

Polêmico
O pastor Poroca disse ser contra o uso da camisinha. “Depois que apareceu, o desmantelo tá grande”, disse. Segundo o pastor, para orar o “Pai Nosso” é preciso estar em comunhão.

Com relação às imagens católicas, o pastor recriminou. “Esse Jesus que vocês têm pintado aí, esse loirão aí, isso é o diabo. O meu Jesus é fogo puro”, disse.

Sobre as relações entre homossexuais, o pastor disse ser contra e acrescentou que os gays estão possessos pelo demônio da Pomba Gira. “Não tenho raiva de gay, tenho nojo é da safadeza”, disse.

O pastor Poroca falou ainda sobre o desenho “Pica-Pau”, dizendo que ele incentiva a homossexualidade. “É demoníaco e só faz desmantelo”, disse.

DIÁRIO DO SERTÃO

///// ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Na FM 104,9 Agora!

Temos 84 visitantes e Nenhum membro online