OUVIR  

Clube FM: (83)3531-4379  WHATSAPP 9.9999-2683

CAJAZEIRAS

Confira a coluna Faísqueira do Gazeta do Alto Piranhas desta SEX 14

 

 

Confira a coluna Faísqueira do Gazeta do Alto Piranhas desta SEX 14

MaiorMenor
Comente
   
 
 

gazUma vaquinha  O prefeito de Cajazeiras, médico José Aldemir, foi alvo de observações, por algumas atentas mulheres, quando do desfile do dia Sete de Setembro, ao desfilar e se apresentar diante do Pavilhão Nacional, de manga de camisa, enquanto os oficiais da PM estavam com seus uniformes de gala. Uma das mulheres, em tom de brincadeira, disse: “vamos fazer uma vaquinha pra comprar um belo paletó pro nosso prefeito”

Apostas   A campanha pra deputado estadual, em Cajazeiras, está mais em evidência do que a de presidente da República e governador, ao ponto das apostas serem apenas em torno de Jeová, Júnior e Dra. Paula. Na última semana, a maior foi entre o vereador Alysson Voz e Violão e o protético José Herilberto de Sousa.  Herilberto quer que Júnior Araújo tire mais voto em Cajazeiras que Jeová. Quem ganhar vai ter cinco mil reais pra gastar na festa da vitória.

Prévia   A campanha para deputado estadual entre os três candidatos, Jeová Campos, Dra. Paula e Júnior Araújo está se transformando no que seria uma prévia das eleições para prefeito em 2020. Júnior Araujo já lançou, no comício de João Azevedo, o nome de Carlos Antonio como o candidato das oposições. Madrugou.

Cobranças  A vigilância sobre os eleitores que estão fazendo postagens com determinados candidatos a deputado estadual estão sendo alvos de criticas e cobranças, por terem “mudado” de lado: nas eleições municipais votaram em Denise e agora acompanham o candidato de Zé Aldemir e vice-versa. Uma destas “cobranças” teria causado tanta indignação entre os eleitores, que de repente foi retirada do ar.

Voto da gratidão  Um grupo de cajazeirenses e uma boa parcela da comunidade acadêmica estão pedindo voto para Thompson Mariz (PSB) por reconhecer a sua luta para o crescimento da UFCG e a instalação do Curso de Medicina, além das bandeiras que defende como candidato a deputado federal, incluindo a construção do Novo Hospital Universitário de Cajazeiras.

De forró a rubacão   Os candidatos a deputado estadual/federal de Cajazeiras têm feito postagens em tudo o que é de rede social dançando forró, andando a cavalo, comendo rubacão com ovo, bebendo água de pote em caneco de alumínio, tomando cachaça, pondo menino grudado no colo e abraçando velinhos com prazo de validade vencido. Vale tudo neste tempo para se conquistar um voto.

Bairrismo  Dra. Paula está levando pelo lado do bairrismo e do coração a sua campanha na cidade de São José de Piranhas e o seu discurso tem sido: “preciso dos votos de meus conterrâneos para ser a primeira mulher desta terra a ter um mandato de deputada estadual”. Dizem que ela vai fazer um “estrago” grande no terreiro de Chico Mendes e de Jeová Campos, que também é seu.

Mala preta   Já se tem noticia que algumas “malas pretas” começaram a circular pelos municípios da região, abarrotadas de dinheiro, com o objetivo de comprar “cabos eleitorais”. Não é novidade, isto sempre aconteceu, conforme o que demonstram os boletins com os totais de votos dos candidatos considerados “estrangeiros”.

Bodim  O ex-prefeito de Cachoeira dos Índios, Bodim, até recentemente eleitor de Jeová Campos, fez uma declaração, segundo a sua fala em redes sociais, afirmando votar em Dra. Paula, fato que teria desagradado em muito Jeová. Em Cachoeira ficou meio ruim pra Jeová: o prefeito que é do seu partido, vota em Estela Izabel e Bodim agora é Paula. O que teria levado Bodim a mudar de posição?

A multa de Emmanuel Messias  O TCE da Paraíba aplicou uma multa ao prefeito de Santa Helena, Emmanuel Messias, no valor de R$ 9.336.09, que   em 09 de julho de 2018, requereu a concessão de parcelamento, em 12 (doze) parcelas iguais e consecutivas, alegando tratar-se de valor alto, “o qual compromete de maneira indubitável os seus rendimentos, não dispondo, portanto, de condições financeiras para quitar tal multa de uma única vez”.

O TCE também vende fiado  O Tribunal decidiu pelo parcelamento do valor de 12 vezes, conforme pedido de Emmanuel Messias e como o prefeito tem um dos melhores salários, entre os da região, não vai ter dificuldades em pagar “de maneira indubitável” a multa aplicada que será recolhida ao Fundo de Fiscalização Orçamentária e Financeira do Município.

Jornal Gazeta do Alto Piranhas edição desta sexta 14/09/2018

Identificada vítima fatal do acidente na BR 230 em Cajazeiras; segunda vítima é levada ao HRC

 

Por Luzia de Sousa

14/09/2018 às 07h19 • atualizado em 14/09/2018 às 09h15

 

 

Um acidente foi registrado na manhã desta sexta-feira (14) na BR 230, na Ponte do Curicaca, próximo ao Parque de Exposições, em Cajazeiras, Sertão da Paraíba. Segundo informações da Polícia Militar, uma colisão entre duas motocicletas deixou o condutor de uma delas em óbito no local.

A vítima fatal foi identificada por Vanderclebson Farias Cartaxo, 42 anos de idade, agricultor, morador do Sítio Zé Dias. Ele seguia na rodovia em uma moto de cor preta, sentido Cajazeiras.

Vanderclebson foi reconhecido pela esposa. Ele estava indo vender leite em Cajazeiras como fazia todos os dias. Todo leite ficou derramado na pista. O corpo da vítima será encaminhado ao IML de Patos.

O outro envolvido no acidente é um homem de 38 anos de idade, que seguia em uma moto de cor vermelha. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Regional de Cajazeiras.

Uma pessoa morreu e outra ficou ferida (Foto: Diário do Sertão)

Segundo informações de pessoas que estavam no local, um carro de uma autoescola teria colidido na motocicleta de vermelha, momento que o condutor teria perdido o controle do veículo, adentrado a contramão e colidido com a moto de Vanderclebson. O condutor do carro teria fugido.

O Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Samu e Polícia Rodoviária Federal estiveram no local da ocorrência. O trecho da BR foi interditado.

Uma pessoa morreu e outra ficou ferida (Foto: Diário do Sertão)

DIÁRIO DO SERTÃO

Jovem morador de Cajazeiras morre após se jogar de carro em movimento em João Pessoa

Morreu nessa quinta-feira (13), em João Pessoa, o sertanejo natural de São João do Rio do Peixe, Elifran Ferreira Lira, 36 anos. Elifran morava no Sítio Almas, município de Cajazeiras. Era casado e tinha dois filhos. Segundo informações da Secretaria de Saúde, o homem se jogou de um carro em movimento, na Avenida Pedro II, na capital.

VÍDEO: Identificada vítima fatal do acidente na BR 230 em Cajazeiras; segunda vítima é levada ao HRC

Ele era paciente do Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira há 15 dias e havia fugido da unidade. Durante o resgate e retorno ao local, ele teria se jogado do veículo.

Por volta das 22h, o corpo de Elifran foi levado do Complexo Psiquiátrico para o Instituto de Polícia Científica (IPC). O delegado de plantão da Polícia Civil, Luiz Gonzaga, ouviu os parentes da vítima na Central de Polícia.

Segundo o delegado, a atitude correta, no momento do acidente, seria ter acionado o Samu e conduzido ao Hospital de Emergência e Trauma. As investigações continuam para saber de quem é a responsabilidade da morte de Elifran.

A Secretaria de Saúde ainda informou que todas as providências estão sendo tomadas para apurar as responsabilidades e esclarecer o ocorrido.

Sorteio de uma Moto Honda Fan 125i acontece dia 30 de setembro

Atenção! Comunicamos a todos nossos clientes conforme programado em nosso evento show de prêmios “Alô da Sorte”, todos os meses ocorrer os sorteios mensais e nesse mês de setembro estamos sorteado mais uma Moto Honda Fan 125i, dia 30 conforme a nossa programação de sorteios do evento.

Solicitamos que nossos cliente mantenha seu carnê rigorosamente em dia, podendo assim participar dos sorteios que são realizado todos os meses.

Para melhor informação ligue para os contatos: 83:3531-9698 – Claro: 9.9315-5391 Tim: 9.9999-2479 mantenha contados com nosso escritório.

EXCLUSIVO: Adolescente nega ter sido abusada pelo padrasto expulso da PM e diz que mentiu por influência

A adolescente que foi pivô da expulsão de um cabo da Polícia Militar de Cajazeiras procurou a TV Diário do Sertão nesta quarta-feira (15) para confessar que mentiu em depoimento à polícia e que o acusado não abusou sexualmente dela.

O suposto estupro de vulnerável teria acontecido há três anos em Cajazeiras, quando a adolescente tinha 12 anos de idade. Mas ao saber que o cabo foi expulso, ela procurou as autoridades e a nossa TV para desmentir o que havia relatado em 2015.

“Na época do acontecimento, que eu falei as coisas, ele já vivia com minha mãe, só que umas coisas que eu falei na delegacia não foram reais. Minha mãe ainda vive com ele, não abandonou ele porque ela sabia que ele nunca tinha feito nada comigo”, disse.

A adolescente conta que foi influenciada pela ex-sogra e por uma delegada a continuar mentindo no depoimento. Segundo ela, a ex-sogra queria tirar dinheiro do policial. Já a delegada a teria pressionado com ameaças de prender sua mãe e levar a adolescente ao Juizado de Menores.

VEJA TAMBÉMAcusado de estuprar enteada de 12 anos em Cajazeiras é expulso da Polícia Militar

Portaria de expulsão do Cabo acusado de estuprar enteada de 12 anos (Foto: DOE-PB/Reprodução)

Ainda de acordo com o relato da adolescente na entrevista à TV Diário do Sertão, seu vício em drogas, na época, também teria contribuído para ela aceitar as influências e mentir na delegacia.

“Eu tive que mentir porque, como eu estava gostando da vida que eu tinha, usando drogas, e minha mãe e meu padrasto nunca deixavam eu sair de casa e fazer as coisas, eu tive que falar isso por conta de influências”.

A adolescente afirma que nunca foi abusada ou desrespeitada pelo padrasto: “Ele sempre me respeitou como um pai mesmo, não era nem como padrasto, era como pai mesmo”.

///// CAJAZEIRAS

///// ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Na FM 104,9 Agora!

Temos 323 visitantes e Nenhum membro online